Projeto Festival de Música finaliza com apresentações na Escola Rural José Bonifácio e Escola Santo Antônio

Apresentação da Escola José Bonifácio, ocorreu na sexta-feira (27), já encerramento na Escola Santo Antônio acontece nesta sexta (04)
Crianças se apresentaram nas categorias pré-mirim, mirim e juvenil na Escola Rural Municipal José Bonifácio (Foto: Reprodução)

A música faz parte da construção do mundo interno e externo da criança, sendo um elemento auxiliador e potencializador de ensino, municípios de toda a região desenvolvem projetos de musicalização, como fanfarras, técnica vocal, etc. Em Rio Azul, o ensino musical, pelo menos na Escola Rural Municipal José Bonifácio e Escola Santo Antônio, faz parte da grade escolar, isso porque o professor Adão José Amorim, de Educação Física, faz o trabalho durante sua disciplina.

Inserindo música e atividades físicas, foram desenvolvidos vários tópicos durante o terceiro bimestre, com o projeto ‘Festival de Música’, como, escala de tons cantados e gesticulados - descoberta da voz (Trabalho com volume e timbre), escolha da música (envolvimento com a família) - Ritmo em forma de dança, interpretação através do conjunto da letra da música e movimentos, brincando com o microfone e apresentação no festival.

FESTIVAL NA BONIFÁCIO

Na sexta-feira (27), foi realizada a última etapa do projeto na Escola Rural Municipal José Bonifácio, com a apresentação das crianças separadas em três categorias: Pré mirim (Infantil IV/V); Mirim (1°/ 2° ano); Juvenil (3°, 4° e 5° ano), sendo avaliados em afinação, interpretação e ritmo, ao todo, se apresentaram 67 crianças.

A apresentação, contou com a presença de pais, professores e toda a comunidade rural, além do prefeito de Rio Azul, Rodrigo Solda, que encantado, em seu discurso elogiou a apresentação das crianças. “Satisfação em poder presenciar projetos como esse, do professor Adão, também parabenizar as diretoras e a equipe multidisciplinar que trabalhou por tudo isso, tanto daqui, quanto do Santo Antonio que acreditaram nessa ideia e quem sabe no futuro não podemos ter destaque com essas crianças? Pois aqui estamos plantando a sementinha e é esse nosso papel, como administrador, professor e escola”, relata Solda.

A EVOLUÇÃO DOS ALUNOS DURANTE O TRABALHO

Sons e melodias atuam como auxiliares nas capacidades de leitura, concentração e memorização. Gestos e danças derivados poderão influenciar no desenvolvimento motor, a prática do canto será determinante para o aprimoramento das capacidades de respiração e concentração. Introduz o sentido de parceria, pela necessidade deharmonização de vozes e instrumentos.

O professor, Adão José Amorim, conta, já desenvolveu vários projetos como esse no município e que a ideia do “Festival de música escolar”, surgiu de ser apaixonado pela arte e o fato de que a desenvolve, juntamente com a profissão de professor. “Como eu já fiz em outras escolas que eu passei como Taquari, Marumbi dos Ribeiros, Água Quente onde eu trabalhava com Artes e Educação Física, adaptei alguns movimentos e outros que já estão embutidos como a dança entre outros”, explica o músico e professor

Durante o trabalho na Escola Rural Municipal José Bonifácio e Escola Santo Antônio, Adão, avaliou uma grande evolução das crianças durante o trabalho. “Pude verificar que a música ajuda a melhorar a sensibilidade e empatia das crianças, a capacidade de concentração e a memória, trazendo benefícios ao processo de alfabetização, leitura ao raciocínio lógico e até mesmo a coordenação motora. A música estimula e fortalece vínculos entre alunos e professores ecolegas. É uma enorme ferramenta para tornar o ensino mais poderoso e de qualidade”, diz Adão.

FESTIVAL NA SANTO ANTÔNIO

Nesta sexta-feira (04), às 18h30, ocorre o segundo festival do projeto na comunidade de Barra da Cachoeira na Escola Santo Antônio, com a participação de aproximadamente 80 alunos, nas categorias pré-mirim, mirim e juvenil, sendo avaliados em afinação, interpretação e ritmo. Para as próximas semanas, há a possibilidade de uma final entre os vencedores das duas escolas, porém, ainda está sendo avaliada a ideia.


Veja Também