190 candidatos concorrem às vagas de conselheiros tutelares na região

Votação é aberta ao público e cada cidade deverá eleger cinco representantes da comunidade na proteção à infância e juventude
Votação será feita por meio das urnas eletrônicas cedidas pelo Tribunal Regional Eleitoral do Paraná (TRE-PR) (Foto: MPPR)

Neste domingo (06), acontecem as eleições do Conselho Tutelar e, na região de Irati, 190 candidatos estão pleiteando as cinco vagas de conselheiros tutelares em seus municípios. Os eleitos farão parte da gestão 2020/2023, com o papel de zelar pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente. A votação é aberta a toda a comunidade e o processo é semelhante ao de uma eleição municipal.

O Conselho Tutelar é um órgão público, permanente e autônomo, que tem seus membros escolhidos pela sociedade para executar atribuições constitucionais e legais no campo da proteção à infância e juventude. Criado junto ao Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o Conselho foi instituído pela Lei 8.069 no dia 13 de julho de 1990.

ELEIÇÕES NA REGIÃO

Nas cidades da região de Irati, os candidatos seguem com as suas campanhas, com bastante foco nas redes sociais, e, em alguns locais, por exemplo, foram realizados debates entre os aspirantes às vagas para fortalecer a importância deste serviço. Confira o número de candidatos em cada cidade com os locais e horários de votação:

IRATI: 13 candidatos. Locais: Colégio Antonio Xavier da Silveira, Escolas Olavo Anselmo Santini, Rosa Zarpelon e do Guamirim. Votação das 8h às 17h.

RIO AZUL: 30 candidatos. Locais: Escolas Urquiz Cordeiro, José Bonifácio, Anahir de Oliveira Lima, Dr Getúlio Vargas, Santo Antonio e Câmara Municipal de Vereadores. Votação das 8h às 17h.

INÁCIO MARTINS: 29 candidatos. Locais: Colégio Parigot de Souza e Escolas Bom Jesus e Nossa Senhora Aparecida. Votação das 8h às 17h.

PRUDENTÓPOLIS: 18 candidatos. Locais: Escolas de Perobas, Tijuco Preto, Barra Bonita, Bracatinga, Linha Esperança, Getulio Vargas, Jaciaba, Canuto Guimarães, Tiradentes e Coronel José Durski. Votação das 9h às 16h.

IMBITUVA: 14 candidatos. Locais: Escola Maria Boska Pedroso. Votação das 9h às 17h.

MALLET: 15 candidatos. Locais: Escolas Divino Espírito Santo, Santa Terezinha e Nossa Senhora de Monte Claro

REBOUÇAS: 16 candidatos. Locais: Escolas Erasmo Pilotto e Leonardo Krul. Votação das 8h às 17h.

TEIXEIRA SOARES: 18 candidatos. Locais: Colégios João Negrão Junior, Guarauna e Rio D’Areia de Cima, Escolas Madre Rosa Rosato, Padre Ladislau e Alteny Marquartdt. Votação das 9h às 17h.

FERNANDES PINHEIRO: 17 candidatos. Locais: Escolas Floresval Ferreira, Presidente Costa e Silva, Bituva dos Machados, Professora Genny Kuller e Colégio de Bituva das Campinas. Votação das 8h às 17h.

GUAMIRANGA: 20 candidatos. Locais: Escolas da Boa Vista, Izélia Prates, Guamirim, Barreiro e Água Branca, Colégio Francisco Ramos e pavilhão da Igreja do Manduri. Votação das 8h às 17h.

POR QUE DEVO PARTICIPAR DA ESCOLHA?

A votação é aberta ao público e toda a comunidade deve participar da escolha dos conselheiros tutelares. O juiz da Vara da Infância e da Juventude, Carlos Eduardo Faísca Nahas, explica que o Conselho Tutelar é um órgão que faz a linha de frente na proteção de crianças e adolescentes. “Então, é de suma importância, porque quando a situação chega para o Poder Judiciário e Ministério Público, ela já foi detectada e analisada pelo Conselho. Por isso, é necessário o fortalecimento da entidade. Que as pessoas tenham consciência de escolher os conselheiros que desempenham um bom trabalho, que tenham uma personalidade de ajudar o próximo. Não adianta ‘votar por amizade’, mas sim, votar em quem vai trazer resultados porque influenciam diretamente no nosso dia a dia”, destaca Nahas.

Para a secretária de Assistência Social de Irati, Sybil Dietrich, o Conselho Tutelar é fundamental na luta pelos direitos das crianças e adolescentes. “É um órgão que representa a sociedade na garantia de que as legislações, normativas, programas e ações voltadas a área da infância saiam do papel e façam diferença na vida da nossa população. Por isso, a importância de uma escolha consciente de quem serão esses representantes,  que serão os mediadores dentro do sistema de garantia de direitos e que devem prezar pelo bem estar das nossas crianças e adolescentes”, explica Sybil.

O município de Rio Azul é o que mais tem concorrentes para as eleições do Conselho Tutelar. “Contamos, hoje, com 30 candidatos, que estão, em seu dia a dia, pedindo votos para as eleições unificadas de 06 de outubro. É um marco importante, são cinco vagas de conselheiros que vão iniciar os trabalhos dia 10/01/2020. E, assim, vão colaborar para um mundo melhor”, frisa o secretário municipal de Assistência Social, Rodolfo Solda.


Veja Também